quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

ANIVERSÁRIO

Hoje recebo o meu salário, o meu exíguo salário com o qual eu tento não ser defenestrado da classe média. E saio a ver as vitrines em busca de um presente que reafirme o meu amor por ti. É que hoje, minha querida, é o dia de teu aniversário. Mas... está tudo tão caro, tão inacessível a meu bolso, tão... E não dá mesmo para comprar no crediário, os juros estão escorchantes, proibitivos.
Sabes de uma coisa? Presentes são futilidades! Muitas vezes, são eles dados em total desacordo com a personalidade de quem os recebe. Noutras, apenas para preencher uma falsa necessidade que a sociedade de consumo criou. Então, ao invés de te oferecer um mimo cujo desfrute logo acaba, eis-me a te presentear com dinheiro. Sim, com dinheiro que é o modo de não me equivocar jamais.
O fato é que outra vez aniversarias, minha cara. Para a minha indizível felicidade (pois o que é a felicidade senão a soma desses momentos em que te procuro?). Ah, acima do bem e do mal, está o teu regaço amigo, onde encontro proteção contra a dissipação e a esbórnia. Sem que eu, na grande conta em que te tenho, haja um instante sequer chegado a teus limites.
Em ti deposito todas as minhas expectativas. Porque sei que serão depois confirmadas no saldo de nossa amizade. E tudo que te modifica me interessa. És leve, gentil, intimorata. És frasco - ouso fazer a presente comparação - a encerrar o mais ambicionado dos extratos. E, ainda, louvo a tua lealdade e correção, ó aplicada companheira destes tempos difíceis!
Feliz aniversário, minha caderneta de poupança.

Publicado no Diário do Nordeste em 08/03/90

2 comentários:

Marco A. disse...

Prezado Paulo; muito me agradou a leitura de suas páginas, sendo que através deste comentário deixo registrado o meu apreço pelas mesmas. Caso não se importe estarei acompanhando.

Abraços Marco A.

Paulo Gurgel disse...

Caro Marco:
Olá.
Agradeço a visita e o comentário. E peço desculpas pela demora em lhe responder. O Preblog não me alerta quando os comentários são inseridos nele, como acontece com o meu blog principal, o EntreMentes (http://blogdopg.blogspot.com).
Estarei também acompanhando o seu blog, que é muito bom.
Um feliz 2010, Marco.
Paulo