sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

VOCÊ E EU

  • Você toca tuba na banda e eu espremo limão.
  • Você encontra o paraíso perdido e eu o interdito.
  • Você é superoriginal e eu já vi esse filme antes.
  • Você é motoqueiro e eu respeito jamantas.
  • Você entra com o lombo e eu com o jucá.
  • Você vai ver e eu não estou lá na esquina.
  • Você espera na fila e eu tomo cafezinho na gerência.
  • Você empurra o carro e eu puxo o freio de mão.
  • Você procura a rolha e eu tomo o champã.
  • Você posa bonito e eu uso filme vencido.
  • Você dá saltos ornamentais e eu esvazio a piscina.
  • Você empurra o carro alegórico e eu desfilo.
  • Você vai à Pasárgada e eu deponho o rei.
  • Você vai à guerra e eu faço o fogo amigo.
  • Você carrega o piano e eu levo a vida na flauta.
  • Você paga e eu como o pato (ao tucupi).

2 comentários:

Nirton Venancio disse...

Caro,
primeiro, obrigado pela visita ao meu blog. É sempre bom ser lido por um poeta.
Quanto ao tema dos nossos poemas, eles se encontram pela semelhanças dos desencontros que discutimos. Isso é muito bom.
O "Avesso" no caso, ainda não está terminado. Ousei colocar um trecho por um motivo pessoal.
Grande abraço!

P.S. Gostei muito de "Você e eu".

Paulo Gurgel disse...

O autor do comentário acima edita "Nirton Venancio", "Olhar Panorâmico" e "CaririCult", blogs altamente recomendáveis.
Um abraço, Nirton.